Outubro rosa
Maio 7, 2014
Musicoterapia é a utilização da música num contexto clínico, educacional e social para ajudar utentes a tratar ou prevenir problemas de saúde mental, a promover qualidade de vida e bem-estar. É um processo efetuado entre um profissional qualificado, um(a) musicoterapeuta, e o utente, em que se utilizam elementos constituintes da música (ritmo, melodia e harmonia). Alguns dos objetivos terapêuticos mais relevantes consistem em facilitar e promover comunicação, relacionamento, aprendizado, mobilização, expressão e organização. O musicoterapeuta atende a necessidades específicas de cada pessoa, quer sejam físicas, emocionais, mentais, sociais ou cognitivas, baseando-se em evidências científicas. A musicoterapia busca desenvolver potenciais e/ou restaurar funções do indivíduo para que ele ou ela alcance uma melhor qualidade de vida através da prevenção, reabilitação ou tratamento de doenças.


A musicoterapia é internacionalmente reconhecida como uma atividade clínica e regulamentada no âmbito das profissões da saúde. A investigação, prática clínica, educação e formação clínica estão definidas por standards de entidades profissionais de acordo com contextos culturais, sociais e políticos. Atualmente, existe um sistema de certificação com emissão de licença profissional para musicoterapeutas no Reino Unido, na Noruega, na Áustria e nos Estados Unidos da América.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *